Home » Notícias » Brasil » WhatsApp baniu mais de mil contas por disparos em massa durante período eleitoral
- Atualizado em 20/11/20 às 09h23

WhatsApp baniu mais de mil contas por disparos em massa durante período eleitoral

Disparo de mensagens em massa é proibido e passível de punição no âmbito eleitoral

(Foto: Everton Silveira / Folhapress)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que o aplicativo de mensagens WhatsApp baniu 1.004 contas após denúncias de disparos em massa entre 27 de setembro e 15 de dezembro.

Em nota divulgada na quinta-feira (19), o TSE disse que as contas banidas foram denunciadas na plataforma mantida por eles e pelo WhatsApp, criada para tentar combater a disseminação de conteúdo falso, as chamadas fake news.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O disparo de mensagens em massa é proibido e passível de punição no âmbito eleitoral porque a Justiça entende que tem potencial de afetar o equilíbrio da disputa entre os candidatos.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS