Home » Política » TCE condena ex-diretor do Detran a devolver R$ 746,9 mil
- Atualizado em 19/11/20 às 17h39

TCE condena ex-diretor do Detran a devolver R$ 746,9 mil

A condenação foi em razão da possível prática de crimes contra a Administração Pública e de atos de improbidade administrativa.

(Foto: Reprodução | Google Street View)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

O Detran teve a prestação de contas de 2018 reprovada pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA).

O Tribunal condenou o ex-diretor-geral do órgão, Lúcio Gomes Barros Pereira, a devolver aos cofres públicos a quantia de R$ 746.946,00, além de pagar multa de R$ 19.666,85.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Foram encontradas graves irregularidades pela equipe de auditores.
O Relatório de Auditoria apontou 87 falhas no exercício auditado, entre as quais a existência de pagamentos a maior por repetição de itens da planilha de custo com a celebração dos termos aditivos, pagamento de diárias com fortes indícios de fraude e pagamento de diárias a servidores exonerados, o que levou os conselheiros a aprovar também o encaminhamento de cópia do processo ao Ministério Público do Estado da Bahia.

A condenação foi em razão da possível prática de crimes contra a Administração Pública e de atos de improbidade administrativa, além de expedir determinação ao Detran/BA. Ainda cabe recurso à decisão.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS