Home » Notícias » Mundo » Senado da Argentina aprova legalização do aborto no país
- Atualizado em 30/12/20 às 16h31

Senado da Argentina aprova legalização do aborto no país

Após decisão, a Argentina se torna o 67º país a ter o aborto legalizado.

Foto: Reprodução Freepick

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

O Senado da Argentina aprovou na nesta quarta-feira (30) o direito da mulher abortar até o 14ª semana de gestação. A sessão que durou cerca de 12 horas, teve 38 votos a favor e 29 conta, além de 1 abtenção.

“O aborto seguro, legal e gratuito é lei. Hoje somos uma sociedade melhor, que amplia os direitos das mulheres e garante a saúde pública”, escreveu o presidente argentino Fernández na rede social ao comemorar a aprovação do projeto.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O projeto prevê que os médicos que são contra a prática, não serão obrigados a executar o procedimento. Além disso, as jovens com menos de 16 anos precisará de consentimendo dos pais. As jovens com idade entre 16 e 18 anos, receberão auxílio jurídico caso haja conflito de interesses com os pais.

Após decisão, a Argentina se torna o 67º país a ter o aborto legalizado.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->