Home » Notícias » Salvador » Salvador: Pontos de imunização já estão preparados para aplicar vacinas
- Atualizado em 13/01/21 às 11h38

Salvador: Pontos de imunização já estão preparados para aplicar vacinas

Um desses locais de vacinação será o complexo de saúde Clementino Fraga, nos Barris

coronavirus
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

A Prefeitura de Salvador montou um esquema de vacinação contra a Covid-19 com 32 pontos de imunização implantados em locais estratégicos da cidade, incluindo nove estruturas que irão operar no sistema drive thru – com a aplicação da vacina sem a necessidade do cidadão descer do veículo.

Um desses locais de vacinação será o complexo de saúde Clementino Fraga, nos Barris. Os demais, inclusive os pontos de drive-thru, serão divulgados em breve pela município, que aguarda as doses do governo federal, após liberação do uso das vacinas que serão adquiridas pela União e distribuídas em todo país. 

coronavirus
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

“Estamos preparados para iniciar a imunização na cidade em até 72 horas após a chegada das doses em nosso estoque. A estrutura montada contempla todos os tipos de imunizantes que foram desenvolvidos até o momento, inclusive o da Pfizer, que requer acondicionamento em baixíssima temperatura. Também estamos mantendo contato com os laboratórios, alguns com tratativas mais avançadas, para assegurar que a vacinação esteja disponível o mais rápido possível para os soteropolitanos”, destacou o titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Leo Prates.

A vacinação na capital baiana acontecerá de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Também há a possibilidade de estender o horário dos serviços para 22h durante a semana, além de funcionar aos sábados, domingos e feriados.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais

Com plano de vacinação pronto, Bruno Reis diz que pode “imunizar população em 30 dias”

Covid-19: Salvador deve iniciar vacinação em até 72h após chegada de imunizante

Salvador está pronta para armazenar a maioria das vacinas disponíveis, diz Bruno



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS