Home » Notícias » Salvador » Religiosos realizam ato contra construção de estação de esgoto às margens da Lagoa do Abaeté
- Atualizado em 27/09/20 às 14h04

Religiosos realizam ato contra construção de estação de esgoto às margens da Lagoa do Abaeté

Grupo questionou execução da obra e relembrou possíveis problemas que a estação pode causar ao meio ambiente

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

O plano de construção de uma Estação Elevatória de Esgoto (EEE) às margens da Lagoa do Abaeté causou descontentamento em populares e líderes religiosos, que realizaram um ato contra a obra na manhã deste domingo (27), por volta das 9h.

Os manifestantes saíram do Largo de Cira, em Itapuã, e seguiram em caminhada até o Largo da Sereia, depois retornaram para o Abaeté. O grupo questiona a execução da obra e chama a atenção para possíveis problemas que a estação de esgoto pode causar ao meio ambiente com o passar do tempo.

A obra, que faz parte do plano de requalificação da região, é feita pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).

Durante a caminhada, o grupo parou no Largo da Sereia e realizou um ebó coletivo (oferenda no candomblé) para Exu. O trânsito foi interrompido nas imediações para o ritual.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A manifestação teve fim por volta das 11h30 com outro ritual em torno de Iroko, árvore considerada sagrada no candomblé, que fica à beira da Lagoa do Abaeté.

Uma audiência pública foi realizada na última sexta-feira (25) e uma comissão foi formada pela Ouvidoria Cidadã da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA) para tomar conhecimento sobre os impactos ambientais provocados pela construção da estação.

De acordo com a DPE, a ideia é que a comissão realize reuniões presenciais com os órgãos envolvidos com a obra, como a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), que deu autorização para a obra, e a Caixa Econômica Federal, que, segundo o órgão, liberou verba para a construção do esgoto.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS