Home » Política » Rede cita equívocos na gestão e pede afastamento imediato de Pazuello ao STF
- Atualizado em 20/01/21 às 11h52

Rede cita equívocos na gestão e pede afastamento imediato de Pazuello ao STF

Além do afastamento, o partido pede que o governo federal elucide o estoque de oxigênio que o país tem

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

O ministro da Saúde, Gen. Eduardo Pazuello, foi alvo de um pedido enviado ao Supremo Tribunal Federal, STF, pelo partido Rede Sustentabilidade, que defende o afastamento imediato do general da chefia da pasta.

A defesa do partido cita diversos deslizes durante a pandemia do coronavírus, ressaltando a situação do Amazonas, que sofre com falta de oxigênio nos hospitais, que tem causado mortes.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além do afastamento, o partido pede que o governo federal elucide o estoque de oxigênio que o país tem e os pedidos de auxílio feitos por estados ao Ministério da Saúde.

O Rede pediu ainda que o governo federal apresente em até 24h o planejamento de distribuição de oxigênio aos estados da região Norte e providencie imediatamente oxigênio nos estados onde houver insuficiência ou previsão de falta nos próximos 30 dias.

Tópicos:
Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->