Home » Notícias » Salvador » Polícia descobre que Peu Sousa, ex-guitarrista de Pitty, se enforcou
- Atualizado em 06/05/13 às 19h02

Polícia descobre que Peu Sousa, ex-guitarrista de Pitty, se enforcou

Hipótese foi confirmada após levantamento dos peritos no local do crime

A polícia revelou nesta segunda-feira (6) que o músico, compositor e produtor musical, Peu Sousa, de 35 anos, ex-guitarrista da cantora baiana Pitty, se enforcou.

Peu foi encontrado morto, na manhã desta segunda, dentro de seu apartamento, no bairro de Itapuã, em Salvador. Local e data do enterro não foram divulgados.

As canções autorais de Peu como “Equalize” e “Dèja vú” fez sucesso na voz de Pitty. Ele já participou de alguns shows dos Novos Baianos ao lado de Pepeu, Morais, Baby, Paulinho e Galvão.

Peu era filho adotivo de Galvão, do grupo Novos Baianos, e já havia tocado nos grupos Nove Mil Anjos e Dois Sapos e Meio. O artista era casado e deixa dois filhos, uma adolescente e um menino de cerca de 4 anos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 

Trajetória
Peu Sousa começou a tocar aos sete anos, quando ganhou seu primeiro instrumento, um violão. Aos 11, ganhou a primeira guitarra, mesma época em que fez o primeiro show, com uma banda que formou com os amigos, chamada Tritomia.
Em 1995, formou a Dois Sapos e Meio, que rendeu muitas histórias ao rock baiano. A banda levava uma média de duas mil pessoas em seus shows, sem nunca ter tocado no rádio. Aos 19 anos tocou como guitarrista de Carlinhos Brown, em seu show solo, viajando o país inteiro, além de tocar com artistas da música brasileira como Marisa Monte, Caetano Veloso, Arnaldo Antunes,Ivete Sangalo.

Mas foi com a cantora Pitty que seu nome ficou mais conhecido no cenário nacional. Peu criou e gravou todas as guitarras em Admirável Chip Novo, primeiro CD da roqueira, que vendeu 250 mil cópias. Peu deixou a banda em 2005. A notícia repercutiu durante muito tempo. Na época, os dois disseram que não houve brigas, que a decisão foi feita em “comum acordo”.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS