Home » Política » Operação Metástase: cinco pessoas são presas
- Atualizado em 19/11/20 às 18h24

Operação Metástase: cinco pessoas são presas

Polícia Federal fez busca na Sesab.

Foto: reprodução/pf

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

A Operação Metástase, deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (19), com o objetivo de desarticular um esquema de fraude em licitações e desvio de recursos públicos destinados à gestão do Hospital Regional de Juazeiro, realizou a apreensão de computadores, documentos e mídias e de mais de R$ 275 mil e US$ 1.400. Além disso, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária e 15 de busca e apreensão.

A organização criminosa investigada, segundo a PF, mediante fraudes em licitações públicas, passou a dominar a gestão de inúmeras unidades da rede estadual de saúde sob gestão indireta, por intermédio de diferentes Organizações Sociais de Saúde – OSS, que, todavia, são controladas por um mesmo grupo empresarial, quase sempre registradas em nome de “laranjas”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

As instituições passaram a contratar empresas de fachada ligadas ao mesmo grupo, de forma direcionada e com superfaturamento. Boa parte dessas empresas são de consultoria, assessoria contábil e empresarial, comunicação social, além de escritórios de advocacia.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS