Home » Notícias » Mundo » OMS afirma que não tem poder de obrigar vacinação a nenhum país
- Atualizado em 20/10/20 às 09h39

OMS afirma que não tem poder de obrigar vacinação a nenhum país

A declaração ocorre um dia após o presidente Jair Bolsonaro insistir que a imunização contra o coronavírus não será mandatória no Brasil

Foto: Divulgação/BioNtech

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

A Organização Mundial da Saúde afirmou nesta terça-feira (20) que não tem o poder de tornar vacinação obrigatória em nenhum país. A declaração ocorre um dia após o presidente Jair Bolsonaro insistir que a imunização contra o coronavírus não será mandatória no Brasil.

“A vacina contra a Covid, como cabe ao Ministério da Saúde definir esta questão não será obrigatória. O governo federal, repito e termino não obrigará ninguém a tomar esta vacina. Quem está propagando isso aí, com toda certeza é uma pessoa que pode estar pensando em tudo, menos na saúde ou na vida do próximo”, acrescentou o presidente. 

Dias antes, o governador de São Paulo, João Doria, havia afirmado que as doses seriam obrigatórias no estado e que seriam adotadas “medidas legais” em caso de recusa. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Questionada sobre a situação do Brasil, Margaret Harris, porta-voz da OMS, explicou que a vacina é um assunto que precisa ser “decidido dentro dos países”. “Não impomos exigências”, disse ela, que, mesmo assim, alertou para a importância de imunizar a população.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS