Home » Esporte » E.C.Bahia » “Não penso mais nesse tema”, diz Ramírez sobre acusação de injúria racial
- Atualizado em 13/01/21 às 09h02

“Não penso mais nesse tema”, diz Ramírez sobre acusação de injúria racial

O jogador foi acusado por Gerson de ter falado “Cala a boca, negro”

Rmaírez
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

Em dezembro, durante a partida contra o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro da Série A, o meia Indio Ramírez foi acusado por Gerson de injúria racial. Na ocasião, o jogador do time carioca acusou o atleta do time baiano de ter falado “Cala a boca, negro”.

Durante entrevista nesta terça-feira (12), no CT Evaristo de Macedo, Ramírez afirmou que está tranquilo em relação ao caso e só pensa em mostrar o seu futebol.

“Não penso mais nesse tema. Estou tranquilo, quero jogar. Como disse antes, vim para o Brasil para jogar, para mostrar meu bom futebol. Para ser reconhecido por minhas boas atuações, e não pelo que é dito por aí”, afirmou.

O caso está sendo acompanhado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, no Rio de Janeiro, além do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que abriu um inquérito para apurar a acusação.

Leia mais

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

CBF solicita investigação para acusação de racismo envolvendo Ramirez e Gerson

Bahia solicita imagens da Globo e da CBF para apurar acusação de racismo

“Espero que as coisas se esclareçam rapidamente”, diz Ramírez sobre acusação de racismo

Bahia anuncia contratação de perícia própria para “caso Ramirez”

Torcedores do Bahia criam abaixo-assinado pedindo a reintegração de Indio Ramírez ao elenco



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS