Home » Notícias » Bahia » MPF apura se professores sem formação adequada lecionaram matérias de medicina da UniFTC
- Atualizado em 26/01/21 às 11h46

MPF apura se professores sem formação adequada lecionaram matérias de medicina da UniFTC

Acusação foi feita pelo Cremeb

Foto: Divulgação

Anderson Ramos
redacao@varelanoticias.com

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito civil para apurar denúncia que acusa professores do Centro Universitário UniFTC de ministrada aulas de matérias do curso de medicina sem terem formação na área. A decisão foi publicada na edição desta terça-feira (26) do Diário Oficial.

As alegações foram feitas pelo Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb). No documento do MPF é citado como exemplo a matéria Propedêutica Médica, que estaria sendo lecionada por profissionais sem graduação em medicina.

Em nota enviada ao Varela Notícias, a UniFTC negou que em seu quadro haja profissionais não-médicos ministrando disciplinas de cunho-específico. “O corpo docente do curso de Medicina do Centro Universitário UniFTC de Salvador é composto majoritariamente por docentes médicos, com mestrado ou doutorado e vasta formação em suas áreas de atuação”, diz um trecho do comunicado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A instituição também informou que não foi notificada pelo MPF e que, anteriormente, já teria enviado a mesma resposta para o Cremeb.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->