Home » Notícias » Salvador » Acidente fatal: Casal em moto bate no poste em Ondina
- Atualizado em 11/10/13 às 15h10

Acidente fatal: Casal em moto bate no poste em Ondina

Um outro acidente de veículo foi registrado poucos metros depois

ONDINA

Foto: Reprodução RecordBA

Na manhã desta sexta-feira (11) dois acidentes foram registrados em Ondina.

Um casal de irmãos que estava em uma moto morreram ao colidirem com um poste. Seus capacetes foram arremessados metros a frente do local do acidente.
Poucos metros depois um outro carro subiu a calçada e bateu em um muro gradeado. A batida do carro foi uma consequência, após o carro ter fechado a moto, numa sinaleira 200 metros antes.

Uma médica identificada como Kátia Vargas Pereira, 45 anos, conduzia o veículo envolvido no acidente. Ela perdeu o controle da direção e bateu contra a grade de proteção de um hotel da região.

Na moto estavam dois irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, de 22 e 23 anos. De acordo com testemunhas eles chegaram a discutir com a motorista por causa fechada. Em alta velocidade a moto e veículo se tocaram e a moto bateu no poste e o veiculo na grade mais a frente.

ONDINA 2

Foto: Reprodução RecordBA

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência esteve no local e realizou a remoção dos corpos do casal, já sem vida.

A motorista teve ferimentos leves e recebeu atendimento também. O trânsito na via foi desviado para uma via marginal na orla, quem vinha da Pituba sentido centro enfrentou trânsito lento na região.

A titular da 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho), Acácia Nunes, informou que ainda era cedo para confirmar esta hipótese. “Ouviu-se dizer que teria havido uma discussão. A gente ainda não tem esta comprovação e está colhendo informações, depoimentos, de pessoas que poderiam ter visto o acidente”, disse. “A princípio ouvimos apenas que um estava atrás do outro. Mas essa suspeita de que teria havido uma discussão no trânsito, isso eu não posso afirmar”

A delegada Acácia também não confirma que os dois veículos estivessem em alta velocidade. “Olha, a motocicleta é um veículo onde a pessoa fica muito vulnerável. Qualquer impacto, seja na frente, seja lateral, fatalmente empurra a moto e uma queda pode ser fatal. Então não posso aqui averiguar agora que tipo de velocidade [os veículos tinham no momento do acidente]”, opinou. “Só a perícia pode dizer isso, e nós estamos aguardando o veredito”, concluiu delegada.

Tópicos: ,
Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->