Home » Notícias » Bahia » Mais de mil mortos receberam o auxílio emergencial na Bahia, diz auditoria do TCU
- Atualizado em 01/07/20 às 12h50

Mais de mil mortos receberam o auxílio emergencial na Bahia, diz auditoria do TCU

No Brasil, 17 mil pessoas que já faleceram receberam o benefício

(Foto: Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

O Tribunal de Contas da União (TCU) realizou uma triagem no auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal , destinado aos trabalhadores informais durante a pandemia causada pelo novo coronavírus e identificou que 17 mil mortos estão entre os beneficiários. Entre eles, 1.358 são da Bahia.

O levantamento preliminar da auditoria feita pelos técnicos do TCU apontou que ao menos 620 mil pagamentos foram feitos indevidamente até abril, no valor total de R$ 427,3 milhões.

Os estados onde mais mortos receberam a ajuda foram: São Paulo (2.674), seguido de Minas Gerais (1.761), Ceará (1.512), Bahia (1.358), Pernambuco (1.308) e Maranhão (1.299).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O documento foi apresentado pelo ministro Bruno Dantas e os resultados foram enviados aos ministros da corte para que o relatório será julgado nesta quarta-feira (1/7).

Os recusos gastos com beneficiários destinados para mortos chega a R$ 11 milhões. Informações são da Folha de S.Paulo.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS