Home » Notícias » Salvador » Léo Prates critica aglomerações em Salvador: “Estão tirando vidas”
- Atualizado em 22/02/21 às 13h33

Léo Prates critica aglomerações em Salvador: “Estão tirando vidas”

Secretário afirmou que a prefeitura não tem condições financeiras de expandir mais leitos

Foto: Varela Notícias

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

O secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates, criticou nesta segunda-feira (22) a realização de eventos clandestinos e os soterapolitanos que continuam se aglomerando na cidade. Para Leo, essas pessoas estão tirando vidas.

“Nos preocupa bastante. As pessoas precisam se conscientizar de que a pandemia não passou. A gente viu ainda nesse fim de semana cenas lamentáveis. As pessoas que estão aglomerando só não estão pegado em armas, mas estão tirando vidas”, afirmou em entrevista no Jornal da Manhã.

O secretário também afirmou que esses novos leitos são a última expansão que a cidade tem condições financeiras de arcar.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Desde janeiro não temos aporte do governo federal. Temos seis gripários, uma tenda de suporte ventilatório, vamos ter mais leitos de UTI do que na primeira onda, temos três hospitais de campanha, e toda essa estrutura esta sendo bancada com o dinheiro do cidadão de Salvador”, falou Leo Prates.

“Algumas pessoas ainda acham que ter plano de saúde resolve. A gente já tem relatos de grande parte da rede privada não ter mais vagas. Plano de saúde não é garantia de ter atendimento. A rede publica também já está pesada. Ontem, nós regulamos cerca de 50 pessoas, e ainda sim terminamos o dia com 25 pessoas a regular. É um número muito alto”, completou secretário.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->