Home » Notícias » Brasil » Justiça determina prisão preventiva de envolvidos em morte no Carrefour
- Atualizado em 20/11/20 às 17h28

Justiça determina prisão preventiva de envolvidos em morte no Carrefour

Magno Braz Borges e Giovane Gaspar Da Silva foram apontados como responsáveis.

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

A Justiça determinou na tarde dessa sexta-feira (20) a prisão preventiva de Magno Braz Borges e Giovane Gaspar Da Silva, apontados como responsáveis pela morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, ocorrida na noite de quinta-feira (19), no supermercado Carrefour, em Porto Alegre (RS).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo a Justiça, “existem indícios de autoria pelas declarações das testemunhas, as quais afirmaram que a vítima fora detida pelos flagrados, sendo que estes teriam argumentado que agiram para cessar uma agressão que a própria vítima teria cometido contra terceiro, funcionário da empresa onde os fatos ocorreram. Os indícios de autoria são reforçados pelos vídeos juntados aos autos, onde se pode verificar toda a ação que culminou no óbito da vítima, que viera a falecer no local”.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS