Home » Entretenimento » Homem que fez comentários racistas para Ludmilla na Web pode ser preso

Homem que fez comentários racistas para Ludmilla na Web pode ser preso

Delegado Alessandro Thiers afirma que Hélder Santos, de 31 anos, apresentou versões contraditórias em depoimento e diz estar arrependido

Reprodução

Reprodução

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br 

O responsável pelos ataques racistas de Ludmilla já foi identificado. O delegado Alessandro Thiers, responsável pelo caso, afirmou que o empresário Hélder Santos, de 31 anos, morador da Barra da Tijuca, acusado pelos ataques, prestou seu depoimento nesta terça-feira, 24.

“A Ludmilla veio ontem, segunda -feira, e relatou os fatos. A polícia investigou, chegou ao homem e buscou ele para depor. Hélder Santos foi conduzido por policiais”, explicou o delegado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A policia questionou Hélder e primeiro ele contou história que não correspondia com a realidade. Após a policia afirmar que a história não batia, ele confessou.

“Ele disse que é fã da cantora e que faz musculação ouvindo a música de Ludmilla. Trabalha vendendo suplemento alimentares pela internet e que isso o prejudicou porque as pessoas estão esperando ele se retratar. Hélder afirmou estar arrependido e disse que não sabe porque fez aquilo. Ele também disse que não é racista e que tem um avô negro”, detalhou o delegado ao EGO.

Tópicos:
Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS