Home » Notícias » Brasil » Funcionário tem 90% do corpo queimado após explosão em siderúrgica
- Atualizado em 21/10/20 às 14h00

Funcionário tem 90% do corpo queimado após explosão em siderúrgica

Caso ocorreu na última terça-feira (20) no município de Sete Lagoas, em Minas Gerais

Foto: Foto: Flávia Cristini/TV Globo

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

Cerca de duas pessoas, identificadas como Edilson da Silva, 47, e Fabiano Alves dos Santos Pereira, 36, tiveram queimaduras pelo corpo após uma explosão na siderúrgica Fergusete no município de Sete Lagoas, em Minas Gerais. O caso ocorreu na última terça-feira (20). 

Com o rompimento, o minério de carvão atingiu Edilson que precisou ser transferido de helicóptero para uma unidade de saúde. Ainda consciente durante o resgate, a vítima teve queimaduras de primeiro e segundo grau, totalizando 90% do corpo queimado. O estado de saúde do funcionário é grave.

Fabiano sofreu uma queimadura no antebraço e foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O colaborador já recebeu alta. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma chapa que sustentava a parede do alto-forno, reator químico onde o minério de ferro é derretido, teria rompido. Segundo a corporação, apesar do intenso calor, não houve incêndio.

Após o incidente, o local foi resfriado por funcionários. 

Uma sindicância interna será feita na tarde desta quarta-feira (21) para apurar o caso.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS