Home » Notícias » Salvador » Ex-apresentador da TV Itapoan, hoje pobre e esquecido, ganha documentário
- Atualizado em 31/05/14 às 13h56

Ex-apresentador da TV Itapoan, hoje pobre e esquecido, ganha documentário

Produção mostra como se encontra o “Big Ben”, sucesso de audiência do passado

Kiko Freitas / Varela Notícias

Kiko Freitas / Varela Notícias

Considerado por muitos como “pai do rock” na Bahia, Waldir Serrão, mais conhecido como “Big Ben” estará em um documentário produzido por Luis Vieira em parceria com Marlúccia Araújo, diretora da produção.

Ganhador do prêmio Vladimir Herzog de jornalismo, Luís Vieira é um dos cinegrafistas mais talentosos de sua geração e criador do documentário.

Ganhador do prêmio Vladimir Herzog de jornalismo, Luís Vieira é um dos cinegrafistas mais talentosos de sua geração e criador do documentário.

O documentário contará a história de “Big Ben”, como ele foi importante na carreira de vários artistas hoje consolidados no mercado, e atualmente se encontra esquecido, lutando contra diabetes e depressão.

O Varela Notícias publicou uma reportagem especial em agosto de 2013, onde “Big Ben” deu um depoimento emocionante sobre sua situação. “Eu queria um lugar para ficar, um abrigo”, disse.

Marlúccia ajudou o amigo e conegrafista Luís Vieira a desenvolver o documentário.

Marlúccia ajudou o amigo e cinegrafista Luís Vieira a desenvolver o documentário.
Foto: Juliana Schriefer / Varela Notícias

Marlúccia conversou com o Varela Notícias e contou como surgiu o convite de Luis para dirigir o documentário, que estreará no dia 1º de junho na sala Walter da Silveira, às seis da tarde.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Trabalhamos juntos por muito tempo na Record. Fiquei fascinada pela história de ‘Big Ben’ e começamos as filmagens em setembro, aí terminamos. Conseguimos achar várias pessoas que passaram pela vida dele, como artistas, cantores, colegas de trabalho, produtores. Gilberto Gil, que cantou no programa dele, lembra do que ele representou para a Bahia em termos de cultura. Foi o ‘Big Ben’ que revelou Raul Seixas, por exemplo. Ele concorria com Chacrinha e, aqui na Bahia, ele ultrapassava a audiência de Chacrinha em vários momentos”, explicou.

Os moradores da comunidade onde “Big Ben” mora enfrentam dificuldades para ajudá-lo, e pedem um abrigo para o ex-cantor e apresentador (Foto: Kiko Freitas / Varela Notícias)

Os moradores da comunidade onde “Big Ben” mora enfrentam dificuldades para ajudá-lo, e pedem um abrigo para o ex-cantor e apresentador (Foto: Kiko Freitas / Varela Notícias)

Ela falou também que o momento difícil pelo qual atravessa Waldir Serrão é fruto da má gestão de sua carreira.

“Quem não sabe gerir o próprio dinheiro e a carreira, infelizmente é previsível que isso aconteça. Mas é triste porque um artista do calibre dele, do quilate dele, não era para estar esquecido, doente, longe da família, no ostracismo…”, disse.

Por fim, Marlucia contou a pretensão em relação ao documentário.

“O documentário talvez irá para uma sala de cinema de arte e nossa ideia maior é correr com ele para o Brasil, pra que não só a Bahia conheça melhor o ‘Big Ben’, mas o Brasil e quem sabe o mundo possa conhecer”, finalizou.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS