Home » Esporte » “Estou rindo e nem aí, porque ela estava bêbada”, diz Robinho em gravação
- Atualizado em 16/10/20 às 15h37

“Estou rindo e nem aí, porque ela estava bêbada”, diz Robinho em gravação

Justiça italiana condenou Robinho e um amigo em primeira instância a nove anos de prisão por violência sexual de grupo

Foto: Divulgação Santos

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

Após contratação de Robinho para o Santos mobilizar internautas, a sentença da Justiça italiana que condenou Robinho e um amigo em primeira instância a nove anos de prisão por violência sexual de grupo, divulgou as interceptações telefônicas realizadas entre o jogador e os envolvidos no caso. As informações foram obtidas pelo repórter Lucas Ferraz, do site Globo Esporte (ge).

De acordo com a investigação, a vítima foi levada para um camarim na boate e, posteriomente, abusada por cinco homens, entre eles Robinho e Ricardo Falco, amigo do jogador. O caso aconteceu em uma boate de Milão no dia 22 de janeiro de 2013.

Durante as conversas divulgadas entre Robinho e o amigo, o jogador demonstrou saber que que a mulher estava bastante acoolizada no momento do abuso.

O trechos a seguir foram divulgados no site do ge. Os nomes dos suspeitos foram mantidos em sigilo.

Falco: Ela se lembra da situação. Ela sabe que todos transaram com ela.

Robinho: O (NOME DE AMIGO 1) tenho certeza que gozou dentro dela.

Falco: Não acredito. Naquele dia ela não conseguia fazer nada, nem mesmo ficar em pé, ela estava realmente fora de si.

Robinho: Sim.

Em outro diálogo, o músico Jairo Chagas, que se apresentou na noite do acontecimento, avisou a Robinho sobre as investigações. De acordo com o processo, o jogador respondeu:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Robinho: Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu.

Robinho: Olha, os caras estão na merda… Ainda bem que existe Deus, porque eu nem toquei aquela garota. Vi (NOME DE AMIGO 2), e os outros foderam ela, eles vão ter problemas, não eu… Lembro que os caras que pegaram ela foram (NOME DE AMIGO 1) e (NOME DE AMIGO 2)…. Eram cinco em cima dela.

Em janeiro de 2014, o músico voltou a falar com Robinho sobre o caso.

Robinho: A polícia não pode dizer nada, eu direi que estava com você e depois fui para casa.

Jairo: Mas você também transou com a mulher?

Robinho: “Não. eu tentei”. Em seguida o jogador cita o nome de mais três amigos.

Jairo: Eu te vi quando colocava o pênis dentro da boca dela.

Robinho: Isso não significa transar.

Em outros trechos da conversa, os acusados perguntam se alguém ejaculou na vítima, “comemoram” a ausência de câmeras de segurança no camarim e combinam versões que falariam para a Justiça. Inclusive, o músico Jairo, respondeu diante dos juízes que não tinha visto cenas de sexo naquela noite.

Tópicos: ,
Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS