Home » Notícias » Brasil » Diagnosticada com Covid-19, cantora do Boi Garantido morre dias após dar a luz
- Atualizado em 11/01/21 às 18h00

Diagnosticada com Covid-19, cantora do Boi Garantido morre dias após dar a luz

Vítima sofreu três paradas cardíacas e não resistiu

Foto: Reprodução Instagram Boi Garantido

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

A cantora, Roci Mendonça, 39, backing vocal do grupo do Boi-Bumbá Garantido, do Festival de Parintins, no Amazonas, morreu na noite do último sábado (9) após ter paradas cardíacas dias após dar à luz ao primeiro filho. Diagnosticada com Covid-19, a música estava internada para tratar a doença.

De acordo com o UOL, Mendonça estava grávida de sete meses e precisou ser internada em 31 de dezembro em um hospital de Manaus. Na unidade de saúde, a cantora teve um parto prematuro e sofreu três paradas cardíacas. Ainda segundo o portal, o bebê está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal, mas passa bem. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Na última sexta-feira (8), outro integrante da agremiação, Rafael Marupiara, faleceu em decorrência da doença. Em nota, o Boi Garantido lamentou a morte de Mendonça e prestou uma homenagem para a backing vocal.

“Canta rouxinol na porteira. Canta rouxinol na ribeira. Canta a Roci no céu. Aplausos pedimos agora, a quem o Supremo escolheu. Não cabe ao Boi Garantido selecionar a voz de Deus. Canta Roci. Canta no bem querer. Canta para sempre: teu boi Garantido nunca vai te esquecer”



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->