Home » Política » Covid-19: “Não temos nenhuma indicação de segunda onda na Bahia”, diz Rui Costa
- Atualizado em 26/10/20 às 14h02

Covid-19: “Não temos nenhuma indicação de segunda onda na Bahia”, diz Rui Costa

O Comitê Científico formado pelo Consórcio do Nordeste revelou que uma segunda onda pode atingir a região nos próximos meses

Foto: Anderson Ramos/Varela Notícias

Chayenne Guerreiro
redacao@varelanoticias.com.br

O governador Rui Costa descartou nesta segunda-feira (26), a possibilidade de uma segunda onda na Bahia. De acordo com o petista, até o momento, não há nenhum indicativo que o número de infectados vai voltar a subir.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Por enquanto não há indicativo de uma segunda onda. O que está acontecendo é que estávamos em uma queda acentuada da contaminação e parou de cair. Significa que as aglomerações estão provocando algum grau de contaminação. Não suficiente para crescer os números, mas suficiente para parar de cair. Esse número não está se refletindo no número de óbitos ou de internados. Tem várias possibilidades. Tem cientistas que dizem que já tem mais de 40 variações do vírus e algumas dessas variações são menos letais que a primeira variação. Talvez isso explique porque em alguns lugares a doença diminuiu seu grau de letalidade. Não temos nenhuma indicação de segunda onda na Bahia”, revelou.

Na sexta-feira (23), o Comitê Científico formado pelo Consórcio do Nordeste, revelou que a flexibilização das medidas de isolamento social e as eleições municipais marcadas para novembro podem precipitar uma segunda onda de Covid-19 na região Nordeste nos próximos meses.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS