Home » Notícias » Salvador » Covid-19: Atendimentos odontológicos em Salvador são suspensos e consultórios viram enfermarias
- Atualizado em 22/02/21 às 18h10

Covid-19: Atendimentos odontológicos em Salvador são suspensos e consultórios viram enfermarias

Alteração foi informada pelo prefeito Bruno Reis na manhã desta segunda-feira (22)

(Foto: Divulgação / Governo da Bahia)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

Os serviços odontológicos oferecidos nas 24 Unidades Básicas de Saúde da prefeitura de Salvador serão suspensos nos próximos dias. As salas utilizadas como consultórios serão desmontadas e passarão a receber cerca de 75 leitos de enfermaria para atender pacientes com Covid-19. A alteração foi informada pelo prefeito Bruno Reis na manhã desta segunda-feira (22). 

De acordo com Bruno, os novos leitos irão oferecer atendimento inicial às pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus. Além da assistência, os infectados poderão esperar no local até serem encaminhados para outras unidades de saúde. 

A medida tenta reduzir a alta demanda de atendimentos sofridos nos últimos 11 dias na capital baiana em decorrência do crescimento do número de casos do novo coronavírus no município. 

Na última sexta-feira (19), cerca de 10 novos leitos foram abertos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Valéria, mas todas as vagas já foram ocupadas. Nesta segunda-feira (22), a prefeitura anunciou que vai assumir o Hospital Salvador.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A unidade se tornará um hospital de campanha com 40 leitos de UTI e 120 vagas de enfermaria, sendo destinada exclusivamente ao tratamento de pacientes com Covid-19.

Leia mais:

Covid-19: Sem leitos de UTI, Camaçari vive colapso no sistema de saúde, diz secretário

Toque de recolher é ampliado na Bahia nesta segunda-feira (22); veja o que funciona



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->