Home » Notícias » Brasil » Correios aguardam decisão da Justiça sobre greve da estatal; paralisação teve início no dia 17 de agosto
- Atualizado em 15/09/20 às 15h14

Correios aguardam decisão da Justiça sobre greve da estatal; paralisação teve início no dia 17 de agosto

Negociações estavam sendo feitas desde julho

(Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

Os Correios anunciaram nesta terça-feira (15) que estão no aguardo da decisão judicial sobre a greve para normalização das atividades operacionais. Segundo a nota divulgada pela empresa, negociações estavam sendo feitas desde julho e buscam preservar o âmbito financeiro da estatal com cortes de privilégios e “adequação à realidade do país”.

O julgamento da ação de dissídio coletivo está marcado para a próxima segunda-feira (21). Os profissionais estão paralisados desde 17 de agosto, mas parte do contingente funcional está trabalhando e nas últimas quatro semanas foram registrados mais de 187 milhões de cartas e encomendas entregues em todo o Brasil.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A nota divulgada pela empresa registra: “É evidente, portanto, que não há margem para propostas incompatíveis com a situação econômica atual da instituição e do país, o que exclui de qualquer negociação a possibilidade de conceder reajustes”.

Na última sexta-feira (11), aconteceu uma reunião entre os trabalhadores dos Correios, a direção da estatal e o Tribunal Superior do Trabalho (TST) e, como não houve acordo, a greve nacional da categoria continua, pelo menos até o próximo dia 21, quando está prevista outra rodada de negociação.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS