Home » Entretenimento » Entretenimento Bahia » Conheça a história de Escanio Larossadeira, o cara por trás da pegadinha “Nada com Nada’
- Atualizado em 19/11/20 às 22h58

Conheça a história de Escanio Larossadeira, o cara por trás da pegadinha “Nada com Nada’

Humorista concedeu uma entrevista exclusiva ao Varela Notícias

Foto: Varela Notícias

Luiz San Martin
redacao@varelanoticias.com.br

Já pensou estar andando na rua e de repente ser parado por uma pessoa desconhecida que começa a te fazer perguntas completamente desconexas? Esse é o quadro do humorista baiano Escanio Larossadeira, que ‘bombou’ na internet com seu vídeo ‘Nada com Nada’ ao lado de seu amigo Carlão.

A equipe do Varela Notícias visitou o humorista nesta quinta-feira (19) e fez uma entrevista exclusiva com Valdecir (nome verdadeiro de Escanio) e seu amigo Carlão, ‘vítima’ do vídeo. Em nosso bate papo, ele nos contou a origem de seu nome artístico, sua inspiração para o humor, seu histórico de vida e como nasceu o ‘Nada com Nada’.

Escanio Larossadeira. Foto: Varela Notícias

Confiram a entrevista:

VN – Seu nome é realmente Escanio Larossadeira?

EL – Meu nome não é esse, eu me chamo Valdecir, então esse meu nome começou como uma brincadeira, foi uma pegadinha que eu fiz com meu irmão.

VN – Conte um pouco de sua história, onde você nasceu e cresceu? Como surgiu o humor em sua vida?

EL – Eu me criei e nasci na comunidade de Acupe, em Santo Amaro, meus pais são de lá e de Itapema, então eu trabalhava como caminhoneiro e devido à pandemia eu tive que vender meu caminhão para me sustentar, pagar minhas dívidas. Como eu sempre tive essa brincadeira, nós criamos o canal para brincar, então começamos enfrentando essa turbulência [pandemia da Covid-19], mas eu nunca parei nem nunca deixei esse sonho de brincar e de fazer as pessoas rirem, que é um dom que Deus me deu.

VN – Quando você descobriu que queria ser humorista?

EL – Para falar a verdade eu sempre me identifiquei com esse lado de humor, em minha casa todos somos humoristas. A gente prefere perder um amigo, mas não perdemos a piada, a gente não perde a oportunidade de rir e de fazer as pessoas rirem. É um sonho, desde novo, desde pequeno a gente sempre fez isso para se divertir, naquele momento não era nada pensando em viver disso.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

VN – Como nasceu o ‘Nada com Nada’?

EL – O ‘Nada com Nada’ nasceu há 30 anos. A gente estava em um bar, eu, meu irmão e outro colega, quando de repente chegou um rapaz e pediu um cigarro, então a gente viu a possibilidade de fazer um trocadilho com ele. ‘Você quer um cigarro? Você quer para aqui ou quer que coloque na quentinha para viagem? É porque a gente vende a dose, se você quiser a gente pode embalar, mas vai demorar pois ainda vai temperar’, ai o cara começou a ficar abatido e sem entender nada.

VN – Como você desenvolve o ‘Nada com Nada’, é algo que você pensa na hora ou algo que você planeja antes?

EL – Eu foco antes, analiso e solto a primeira frase. A mente humana só capta uma informação por vez, eu pergunto ‘você quer comprar uma bermuda?’ e já aponto para seu tênis, e nesse trocadilho a mente já se confunde, a partir dai ele já está em minha mão, vou usar agora o que eu quiser. Agora isso tem que ter uma prática, não é da noite pro dia que pega não.

Carlão. Foto: Varela Notícias

VN – Carlão, você já conhece Escanio?

Carlão – Eu conheço ele, mas quase mato ele porque ele fez essa brincadeira que eu não esperava, depois ele me explicou tudo, mas é um cara bom. Eu não esperava essa repercussão.

VN – O que passou em sua cabeça no momento que ele começou a te fazer diversas perguntas sem sentido?

Carlão – Eu pensei que ele estava surtando, como é uma pessoa que eu conheço há muito tempo, eu ia perguntar a família dele se ele tava surtando ou não, porque ele começou a falar e eu tinha acabado de acordar de um cochilo, ele começou a perguntar e eu estava tentando reponder o que eu entendia.

Confiram a pegadinha exclusiva que Escanio fez para o VN:



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS