Home » Notícias » Mundo » Cidades proibem relações íntimas casuais para evitar propagação da Covid-19
- Atualizado em 16/10/20 às 18h20

Cidades proibem relações íntimas casuais para evitar propagação da Covid-19

Lei foi adotada pela primeira vez durante o verão do hemisfério Norte e se mostrou impopular entre os solteiros

Foto: Ilustrativa

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

O Reino Unido, após ver um aumento dos casos do novo coronavírus (Covid-19), adotou medidas rígidas para conter o avanço da doença. Entre elas está a proibição do sexo casual nas cidades com bloqueio nas fases dois e três, consideradas com risco alto e muito alto de contaminação, respectivamente.

O novo plano de bloqueio foi anunciado pelo ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, na quinta-feira (15), durante sessão no Parlamento britânico. 

Com isso, moradores da capital Londres ou das cidades de Essex, York, Manchester, Lancashire e Liverpool, por exemplo, estão proibidos de receber dentro de casa alguém de “fora da bolha social”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Os que vivem em áreas de nível 1 podem se reunir com amigos e familiares em grupos de até seis pessoas dentro ou fora de casa. 

A lei foi adotada pela primeira vez durante o verão do hemisfério Norte e se mostrou impopular entre os solteiros. O Reino Unido é o quinto país do mundo com maior número de mortes pela Covid-19 desde o início da pandemia. Já são 43.383.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS