Home » Notícias » Salvador » Caso Jaguaribe: Primos suspeitos de serem autores do atentado entram para Baralho do Crime
- Atualizado em 08/01/21 às 17h51

Caso Jaguaribe: Primos suspeitos de serem autores do atentado entram para Baralho do Crime

Informação foi divulgada pelo diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

(Foto: Varela Notícias)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

Os primos, ambos com 25 anos, suspeitos de serem os autores dos disparos de arma de fogo que fizeram três vítimas na praia de Jaguaribe, em Salvador, na última terça-feira (5), entraram para o Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A informação foi divulgada pelo diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado José Bezerra, na tarde de hoje (8).

De acordo com a SSP-BA, imagens de câmeras de segurança, os depoimentos dos três suspeitos presos por participarem do crime (dois motociclistas e um homem que dirigia um táxi) e das vítimas que sobreviveram foram fundamentais na identificação da dupla.

Um dos primos passa a ocupar a carta ‘Rei de Copas’. Segundo a SSP-BA, o rapaz atua no bairros de Castelo Branco e Vila Canária, possui passagens por latrocínio e porte ilegal de arma de fogo, cumpria pena no regime semiaberto, na Colônia Penal de Simões Filho, de onde fugiu no dia 8 de agosto do ano passado.

Já o outro, que figura como ‘Cinco de Paus’, também tem como área de atuação os bairros de Castelo Branco e Vila Canária, ainda conforme a SSP-BA. 

Leia mais sobre o caso:

Adolescente morto em Jaguaribe é enterrado sob forte comoção: “Cheio de sonhos”

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Vida ceifada por conta da violência”, lamenta vizinha de jovem morta em chacina

Dois suspeitos de envolvimento no triplo homicídio de Jaguaribe são presos

Bruno Reis comenta chacina em Jaguaribe: “Muito ruim para imagem da cidade”

Caso Jaguaribe: Co-autores se envolveram em crime por R$ 30

Alvo de ataque em Jaguaribe era líder do BDM, diz jornal

Caso Jaguaribe: SSP corrige quantidade de mortos e número baixa para três



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->