Home » Notícias » Brasil » Caso Backer: Ministério Público denuncia sócios da cervejaria
- Atualizado em 04/09/20 às 16h28

Caso Backer: Ministério Público denuncia sócios da cervejaria

Cegueira e paralisação facial são algumas das sequelas que sobreviventes enfrentam

Foto: Divulgação

Redação VN
redacao@varelanoticias.com

Nesta quarta-feira (04) dez funcionários, inclusive os sócios-proprietários, da cervejaria Backer foram denunciados “por crimes cometidos em função da contaminação de cervejas fabricadas e vendidas pela empresa ao consumidor”. A denúncia foi feita pelo Ministério Público de Minas Gerais.

Os três sócios proprietários da Backer foram denunciados pelo crime de corromper, adulterar, falsificar ou alterar substância e os sete engenheiros e técnicos encarregados da fabricação da bebida, vão responder por homicídio culposo e lesão culposa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sabe-se que 12 pessoas morreram após consumir a bebida e desencadearem a chamada síndrome nefroneural . Os sobreviventes lutam para superar sequelas graves, como cegueira, paralisação facial e perda da função renal.

Link:


COMENTÁRIOS
RELACIONADAS