Home » Política » Após ter conversas vazadas, Zambelli diz que Moro foi “maligno”
- Atualizado em 25/04/20 às 07h49

Após ter conversas vazadas, Zambelli diz que Moro foi “maligno”

Deputada afirmou que não tem o poder de oferecer um cargo no STF para ninguém

(Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) não gostou da atitude do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, ao expor ao Jornal Nacional na última sexta-feira (24) conversas entre ambos no WhatsApp, onde a deputada propõe trocar a demissão do antigo diretor da Polícia Federal, Maurício Valeixo, pela indicação do Moro ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Zambelli realizou uma transmissão ao vivo em suas redes sociais logo após a finalização da edição de ontem do telejornal, dentre outras coisas afirmou que considerou a atitude de moro extremamente maligna. “Vazar pro Jornal Nacional como se fosse algo ilícito, como se eu tivesse feito uma coisa ilícita. Achei extremamente maligno. Não gostei do que ele fez”, afirmou.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A deputada se defendeu afirmando que não tem o poder de indicar alguém ao STF, o que poderia fazer seria um pedido ao presidente da República. “Eu não sou ninguém para prometer uma vaga no STF. O que eu quis dizer é que eu posso ajudar. Tentar falar com o Bolsonaro.”, disse.

Para finalizar, Zambelli afirmou que o assunto da demissão de Sérgio Moro irá passar, e que Bolsonaro seguirá cumprindo seu mandato diante da presidência do país. “Continuaremos com Bolsonaro. E o Moro vai passar. Daqui 10, 20 dias, ele vai estar dando aula em outro lugar, e nós vamos continuar com Bolsonaro”, falou.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS