Home » Notícias » Salvador » Apesar de denúncias ao MP-BA, Salvador não registra ‘fura fila’ de vacina, garante Bruno Reis
- Atualizado em 25/01/21 às 17h09

Apesar de denúncias ao MP-BA, Salvador não registra ‘fura fila’ de vacina, garante Bruno Reis

Capital baiana está entre as 17 cidades baianas em que o Ministério Público do Estado (MP-BA)

(Foto: Betto Jr. / Secom)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), garante que a cidade não registrou, até o momento, nenhum caso de “fura fila” de vacina contra a Covid-19.  A capital baiana está entre as 17 cidades baianas em que o Ministério Público do Estado (MP-BA) registrou supostas tentativas de burlar a fila prioritária da imunização.

As denúncias foram enviadas via e-mail por cidadãos dos municípios, de acordo com informações do MP-BA. No entanto, o órgão reforça que não necessariamente são casos de pessoas que realmente burlaram a lista de imunização, uma vez que cada acusação precisa ser investigada.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Bruno atribui o fato à estratégia adotada e a tecnologia utilizada pela prefeitura de Salvador para a vacinação. As equipes de vacinadores da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) estão indo até as unidades de saúde e instituições de longa permanência para vacinar os integrantes do grupo prioritário nesta primeira etapa da primeira fase de imunização. Além disso, cada equipe tem um tablet em mãos, em que são cadastradas informações de cada pessoa que recebe a imunização.

Porém, o democrata reconheceu que a estratégia tem deixado a vacinação mais lenta em Salvador. Apesar de 20 mil pessoas já terem recebido a primeira dose da vacina na cidade, o objetivo de vacinar 5 mil pessoas em um dia ainda não foi alcançado.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->