Home » Notícias » Brasil » Anvisa recebe pedido da Fiocruz para uso emergencial da vacina de Oxford
- Atualizado em 08/01/21 às 16h36

Anvisa recebe pedido da Fiocruz para uso emergencial da vacina de Oxford

Pedido da Fiocruz é para o uso de 2 milhões de doses de vacinas que devem ser importadas do laboratório Serum, sediado na Índia

(Foto: Divulgação / Fiocruz)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) enviou, nesta sexta-feira (8), à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o pedido de autorização para uso emergencial da vacina de Oxford, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca, contra o novo coronavírus (Covid-19).

O pedido da Fiocruz é para o uso de 2 milhões de doses de vacinas que devem ser importadas do laboratório Serum, sediado na Índia. O laboratório é um dos fabricantes da vacina da AstraZeneca.

A Anvisa informou que já iniciou a triagem dos documentos da vacina de Oxford presentes na solicitação e fará uma triagem para verificar se não falta nenhuma informação importante.

A Fiocruz tinha se reunido com a Anvisa, na última quinta-feira (7), para tratar do pedido de aprovação do imunizante e esclarecer questões técnicas antes de submeter a documentação para análise da Agência.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo pedido

Esse é o segundo pedido de uso emergencial recebido pela Anvisa nesta sexta-feira. Mais cedo, a Agência informou já estar com a documentação da CoronaVac enviada pelo Instituto Butantan.

No caso dos dois pedidos, a Anvisa informou que, se não estiver faltando nenhum documento, dará uma resposta às solicitações no prazo máximo de 10 dias.



COMENTÁRIOS
RELACIONADAS
-->

-->